1- Não discutir um problema após 10 horas da noite. A nossa tendência quando estamos fisicamente cansados, é reagir negativamente a qualquer discussão.

2- Não brigue ou discuta em frente dos seus filhos. Se há uma coisa que cria insegurança e medo no coração da criança é ter que ouvir e assistir uma briga entre seus pais.

3- Não brigue em público. Discussões familiares devem ser resolvidas somente entre família. Como é fácil machucar seu cônjuge usando um cinismo, sarcasmo ou palavras ásperas. O pior de tudo é proceder dessa maneira publicamente.

4- Não procure resolver problemas ou tratar de assuntos sérios quando um dos dois está envolvido em alguma atividade. Esposa, por favor, não deixe assuntos para serem tratados durante um jogo da seleção brasileira na copa do mundo. Marido quando sua esposa está enfrentando uma pia cheia, após um dia inteiro de trabalho, está hora não é apropriada para tratar de assuntos complicados ou delicados. Talvez seja sim, a hora de você pegar um pano de prato e ajudá-la a enxugar a louça. Essa é uma alta expressão de comunicação. Gostou da idéia?

Sábios são os maridos e esposas que sabem escolher e esperar pela hora apropriada para conversa.

Efésios 4.26,27 – Precisamos entender que nenhum membro da família deve ir para a cama zangado.

Não responda com raiva. Use palavras brandas e respostas bondosas. Provérbios 15.1. Isso mudará qualquer situação.

Esteja sempre disposto a dizer:

1) Eu estava errado

2) Por favor, me perdoe

3) Eu amo você

Efésios 4.32

Um espírito perdoador é essencial num relacionamento profundo.

Não culpe ou critique seu cônjuge, mas por outro lado restaure, encoraje. edifique. Gálatas 6.1; Romanos 14.13; I Tessalonicenses 5.11.

Provérbios 12.25 e 16.24 – como você pode encorajar verbalmente a seu cônjuge e a seu filhos.

Pr. Adolfo Sarmento e Esposa